Empréstimos fazem parte da nossa vida a todo momento, estamos sempre em contato com diversas modalidades que vão desde consórcios aos empresariais. Cada qual com um propósito e destinado a um determinado fim. Este muitas vezes é determinado pelo usuário ou o próprio banco que impõe as suas regras.

Algumas delas podem até passar despercebidas e estão naquela parte do contrato com letras bem pequenas, quase invisíveis a olho nú. Nesse sentido, iremos falar do consignado, um crédito feito para um certo público e que está em constante mutabilidade.

Gerando dúvidas e que serão solucionadas nesse artigo, veja a seguir!

O que é o crédito consignado?

Essa modalidade é um pouco diferente de outros tipos de empréstimos, podemos ressaltar o primeiro ponto que é o valor a ser descontado. Nos tradicionais, a pessoa paga por livre e espontânea vontade as parcelas, geralmente em boletos enviados constantemente.

No consignado o cenário muda, as parcelas passam a ser obrigatórias, afinal, é descontado no salário, antes mesmo do próprio usuário adquirir. Isso acontece porque o órgão que paga o trabalhador direciona parte do salário devido a instituição bancária.

Assim, ele é conhecido por ser um dos empréstimos com as menores taxas de mercado, devido a sua segurança no pagamento.

Entretanto, as pessoas precisam ficar atentas quando não puderem receber mais o salário, desta maneira, o banco recalcula a taxa de juros, por uma mais superior e muda a característica do empréstimo para um pessoal e não como era, consignado.

O que irá mudar no crédito consignado?

Entre as principais mudanças, está a diminuição de margem do consignado. Antes, devido à pandemia, era permitido aos bancos utilizarem até 40% do salário do trabalhador como margem.

Com a mudança, a porcentagem caiu para 30%. Essa foi uma maneira de impedirem o avanço do endividamento das famílias que começou a crescer, juntamente com a taxa básica de juros, a Selic.

Isso não altera os empréstimos que estão ativos no momento, visto que as taxas e as regras do crédito consignado são definidas previamente. Sem qualquer surpresas na sua conta.

E se eu cair em golpe? Como faço para me proteger?

Mesmo se você não é uma pessoa que pede muito consignado, fique atento em relação aos golpes que podem fazer utilizando o seu perfil. Por isso, se cair em um, registre o boletim de ocorrência e comunique imediatamente o banco.

Você tem direito de ter a dívida extinta do seu nome e conseguir até danos morais. Por isso, procure um advogado especializado para te ajudar.

O que fazer com o crédito consignado?

Entre os principais objetivos estão:

  • Pagar as contas
  • Realizar viagens em família
  • Reformar sua casa
  • Investir em imóveis
  • Investimentos em rendas fixas ou variáveis
  • Comprar um automóvel

A grande vantagem para todos eles é a possibilidade de pagar à vista. Isso cria um poder de negociação com o fornecedor. Isso diminui o preço e faz suas compras renderem muito mais do que se fossem comprar parcelado pelo cartão de crédito ou pelo crediário.

Por isso, se planeje alguns meses antes e tenha uma margem de erro no pedido do empréstimo, afinal, imprevistos podem e vão acontecer se você não estiver preparado.

Quais bancos oferecem consignado?

Separamos os principais para você conhecer todas as vantagens que eles oferecem, confira as análises que fizemos de cada um deles:

  • Banco do Brasil: Muito utilizado por diversos servidores de inúmeras esferas, estaduais, municipais ou federais, o banco do Brasil tem uma alta expertise em relação à consignados.
  • Banco da Amazônia: Com diversas soluções para pensionistas do INSS, o banco promete taxas de até 1%.
  • AgiBank: Trabalha com alguns públicos e possibilita a integração com cartão de crédito e a oferta de um empréstimo adicional.
  • BMG: Caso você tenha margem, o BMG consegue oferecer crédito para sua carteira de clientes.
  • Bradesco: Um dos mais tradicionais bancos no nosso país, o Bradesco oferece até 120 dias para começar a pagar a primeira parcela.
  • Crefisa: Com intervalo de pagamento de até 84 meses, a Crefisa é outra gigante de crédito brasileira.

Conclusão

Dentre os diversos créditos que são oferecidos, o consignado é que brilha os olhos de muita gente que não quer pagar altos valores para realizar seus objetivos. Com as mudanças, muitas pessoas ficaram perdidas em relação às decisões a serem tomadas em relação a ele.

E assim, tiveram que interromper planos e adiarem seus sonhos e metas pois estavam sem um norte. Agora, você está pronto para tomar a melhor decisão em relação ao seu futuro crédito consignado.

Conhecer o empréstimo é a ponta do iceberg, assim, descubra mais dicas financeiras em nosso blog e compartilhe para que mais pessoas entrem nessa revolução do conhecimento.